Sinegás aponta que prejuízo nas revendedoras passa de R$ 21 milhões

Fonte: Massa News

 

Dados divulgados pelo Sindicato das Empresas de Atacado e Varejo de Gás Liquefeito de Petróleo (Sinegás), nesta quarta-feira (30), apontam que o prejuízo, durante os 10 dias de paralisação dos caminhoneiros, passou de R$ 21 milhões. O Sinegás representa os revendedores do produto em 229 municípios no interior do Estado.

Os bloqueios nas rodovias estaduais e federais impediram o tráfego de cargas e causaram um grande prejuízo à comercialização de gás de cozinha.

Com a desmobilização de vários pontos de bloqueio nas estradas, os caminhões com os botijões começam a chegar nas principais cidades do Paraná. “A nossa previsão é que a partir de segunda-feira (4) já teremos uma sensação de normalidade. Mas o setor só volta a operar como antes em 30 dias”, disse a presidente do sindicato, Sandra Ruiz.

Quanto ao valor do produto, o sindicato afirmou que ainda é muito cedo para falar em alta. “Na semana que vem teremos mais informações quanto aos preços no custo do produto. Nossa orientação é para que as revendas mantenham os preços que vinham sendo praticados antes da greve. Já os consumidores devem ficar atentos a aumentos abusivos, que devem ser denunciados ao Procon”, orientou a representante do setor.

Com informações do Sinegás

 

Link: https://massanews.com/noticias/economia/sinegas-aponta-que-prejuizo-nas-revendedoras-passa-de-r-21-milhoes-Zpw2e.html

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.