Sinegás informa que estoque de gás de cozinha chegou ao fim em Maringá

Fonte: Maringa Post

 

“Acabou o gás de cozinha em Maringá”. A informação foi repassada pelo Sindicato das Empresas de Atacado e Varejo de Gás Liquefeito de Petróleo (Sinegás) de Maringá e região.

O sindicato representa mais de 100 revendedores, que comercializam por mês cerca de 70 mil botijões de 13 quilos e informa que as empresas estão sem o produto para atender aos consumidores.

Os pátios das empresas do setor estão lotados de botijões vazios. A companhias estão com os caminhões-tanque parados nos bloqueios dos caminhoneiros nas rodovias do Paraná.

Os caminhões carregados com os botijões cheios também não conseguem seguir viagem desde segunda-feira (21/5) para fazer as entregas às revendas.

Vendedores de gás de cozinha vão fazer carreata

Apesar de ser um dos setores prejudicados pela greve dos caminhoneiros, o Sinegás, que representa cerca de 2.300 revendedores de GLP em 229 municípios do interior do Paraná, vai fazer nesta quinta-feira (24/05) uma manifestação em apoio à paralisação.

A concentração para a carreata vai ser na Avenida Gastão Vidigal, em frente ao antigo aeroporto de Maringá, a partir das 8h30. De local, os revendedores de gás de cozinha percorrerão várias avenidas da cidade até o ponto de bloqueio dos manifestantes, na PR-317, saída para Iguaraçu.

A presidente do Sinegás, Sandra Ruiz, disse que o sindicato tomou a posição de apoiar as reivindicações dos manifestantes porque o setor está diretamente ligado ao transporte de cargas e aos reflexos das decisões da Petrobras.

“A nossa categoria está sendo atingida diretamente pela paralisação dos caminhoneiros. Mas as reivindicações desses trabalhadores são legítimas. Por isso estamos ao lado dos transportadores porque os constantes reajustes dos combustíveis e os valores dos pedágios refletem diretamente no aumento do custo para as revendas”, explicou a presidente.

 

Link: https://maringapost.com.br/sala3/2018/05/23/sinegas-informa-que-estoque-de-gas-de-cozinha-chegou-ao-fim-em-maringa/

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.