Polícia Civil apreende 52 botijões de gás (GLP) armazenados irregularmente em duas residências de Pau dos Ferros/RN

Equipes da Polícia Civil de Pau dos Ferros, sob o comando do delegado regional Inácio Rodrigues, no começo da tarde desta quinta-feira(29), foram averiguar uma denúncia de que em duas casas em Pau dos Ferros estariam acondicionando e revendendo gás de cozinha  (GLP) de forma ilegal. 
Na denúncia, a cidadã se dizia amedrontada pelo risco de explosão dos botijões, que só podem ser armazenado em local apropriado e permitido pela Agência Nacional do Petróleo.
As equipes de policiais se dividiram e foram nas duas residências, constatando a veracidade da denúncia e apreendendo 38 botijões e uma e 14 na outra. Os dois proprietários foram presos em flagrante, e já que o crime é punido com detenção de 1 a 5 anos, o delegado não pode arbitrar fiança, ficando os dois presos e recolhidos no centro de detenção provisória à disposição da justiça. Segundo um dos flagranteados, o gás era comprado de distribuidores em Serrinha dos Pintos e Uiraúna por um preço menor e revendido em Pau dos Ferros.
 
Segundo o delegado regional Inácio Rodrigues, será encaminhado à Agência Nacional do Petróleo e aos Bombeiros um relatório expondo a situação de risco, e pedindo que sejam realizadas fiscalizações nos pontos irregulares de venda de gás na cidade.
Alguns pequenos comerciantes de mercearias e portos de venda de água mineral estão adquirindo botijões, armazenando  e revendendo em locais inapropriados, expondo à vida das pessoas e suas residências a uma explosão. Qualquer risco eminente, querendo denunciar, basta ligar para o 190 (PM), 3351-9650 (PC),  193 (bombeiros) e o 0800 970 0267 - ANP - Agência Nacional do Petróleo.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.